terça-feira, 22 de julho de 2014

Moradores aprovam suspensão do terminal metropolitano em Sarzedo em BH

22/07/2014 - Estado de Minas

O Terminal de Sarzedo, na Grande BH, que atendia os passageiros com o novo sistema de transporte coletivo Move Metropolitano, deixou de operar ontem. A Secretaria de Estado de Transportes e Obras Públicas (Setop), responsável pela administração via Departamento Estadual de Transportes (DER/MG), não informou o motivo da medida muito menos se a paralisação é temporária. O certo mesmo é que muitos moradores comemoraram a decisão, depois de várias reclamações e até protestos, como ocorreu na noite de sexta-feira.

Na tarde de ontem, o Terminal Metropolitano de Sarzedo estava fechado e com poucos funcionários trabalhando no pátio. Do lado de for a foram afixadas faixas para orientar a população. Em nota, a Setop informou que as 17 linhas de transporte coletivo (veja o quadro) da região metropolitana, que atendiam também Brumadinho e Mário Campos, passam a funcionar com a programação original de horários, pontos de embarque e desembarque, ao longo do trajeto e na área central, tarifa e itinerário, como era antes da implantação do terminal.

Para muitos moradores, a suspensão do serviço foi certa. "O Move Metropolitano virou um transtorno para todo mundo", disse a comerciante Alessandra Silva, residente em Sarzedo, que trabalha na capital. Ao lado da filha, a universitária Gabriela Raíssa, ela contou que passou a gastar mais com passagens e perder muito tempo. "Piorou nossa vida. Pelo menos, voltaram com o sistema antigo", afirmou Alessandra. O estudante Thalison Ribeiro, de 23, também ficou feliz com o retorno das linhas. "Agora pego um ônibus direto para BH em vez de dois", afirmou.

Preparando-se para embarcar, Roseana Alves de Oliveira, que mora em Ibirité e trabalha em Sarzedo, disse que está satisfeita. "Com o Move, eu estava caminhando um longo trecho para ir e voltar do serviço. Agora, pego o ônibus na porta", contou. A vendedora Aline Cristina Diniz Silveira revelou que não chegou a usar o Move, mas o considera um progresso. "Acho um sistema de transporte eficiente, só que faltou mais informações para os passageiros", avaliou.

EMBARQUE ORIGINAL

Linhas de ônibus que atendem passageiros de Brumadinho, Mário Campos e Sarzedo e que voltam a ter programação como era antes da implantação do terminal

3650 – Bairro Brasília/ Sarzedo/Cidade Industrial

3660 – Sarzedo/Bairro Brasília, via Avenida Santo Antônio/Cidade Industrial

3680 – Bairro Brasília/Sarzedo – Imaculada Conceição

3690 – Sarzedo/Imaculada Conceição/ Cidade Industrial

3700 – Bairro Bandeirinhas /Cidade Industrial

3710 – Anchieta / São Joaquim /Cidade Industrial

3720 – Mário Campos via Funil / Estação Eldorado

3782 – Mário Campos /Belo Horizonte

3740 – Mário Campos via Tangará / Estação Eldorado

3760 – Santa Rosa – Riacho da Mata / Cidade Industrial

3780 – Residencial Masterville / Cidade Industrial

3787 – Conceição Itaguá / Belo Horizonte

3797 – Rio manso / via Brumadinho / Belo Horizonte

3783 – Brumadinho via BR 381 / Belo Horizonte

3788 – Brumadinho / Belo Horizonte

3789 – Brumadinho / Betim via Sarzedo

3784 – Brumadinho / Belo Horizonte via Tereza Cristina

Uberaba: Última licitação para implantar o Vetor será nesta quinta-feira

22/07/2014 - Jornal de Uberaba

A data-limite para entrega de documentos, habilitação e propostas de preços da licitação que visa à contratação de empresa credenciada pela Cemig para prestação de serviços na modificação de postes de iluminação pública e energia termina nesta quinta-feira (24), às 9h, no Centro Administrativo da Prefeitura. Os envelopes da licitação, processada na modalidade concorrência, serão abertos às 9h15 do mesmo dia, na sala de reuniões da Secretaria de Infraestrutura.

A licitação da obra que vai atender às adequações necessárias à malha viária para implantação do BRT/Vetor  tem o valor global estimado de R$ 112.976,03. Vale ressaltar que, no dia 15 de julho, as empresas credenciadas para disputar o certame participaram de uma visita técnica para conhecerem in loco as necessidades do projeto e apresentarem as propostas para estarem realizando a obra referente ao projeto de mobilidade urbana do município.

De acordo com informações da prefeitura, ao todo, três empresas participaram da visita acompanhada pelo gestor de iluminação pública e energia da Secretaria de Infraestrutura, Luis Fernando Valeriano. Na ocasião, o representante da Semei apresentou às empresas todos os pontos onde serão feitos os serviços, visando garantir que não fique nenhuma dúvida por parte dos futuros executores da obra que visa atender ao projeto do Vetor.