sábado, 14 de fevereiro de 2015

Lagoa Santa obtém na Justiça aval para abandonar o Move

13/02/2015 -  O Tempo - BH

A Justiça concedeu, na tarde desta quinta, uma liminar que autoriza a volta do sistema de ônibus convencional em Lagoa Santa, na região metropolitana de Belo Horizonte. Desde dezembro do ano passado, eles foram integrados ao Move Metropolitano, e os passageiros precisam passar pela Estação Morro Alto, em Vespasiano, também na região metropolitana, e trocar de veículo no trajeto entre Lagoa Santa e a capital. Para os usuários, a baldeação tem gerado vários transtornos, como o aumento no tempo da viagem. Além disso, eles reclamam da falta de horários e da estrutura precária.

Na semana passada, os moradores se mobilizaram junto aos vereadores e à prefeitura e encaminharam uma reclamação ao Ministério Público de Minas Gerais (MPMG). No último dia 10, a promotora Janaini Keilly Brandão Silveira entrou com uma ação civil pública pedindo a retomada do sistema de transporte anterior ao Move.

A Justiça deu, nesta quinta, um parecer favorável ao pedido liminar da promotoria. No documento, fica suspensa a integração do município com o Move até que o réu – nesse caso, o governo do Estado – comprove a eficiência do novo modelo de transporte público que atende Lagoa Santa.

Reunião. Na tarde desta quinta, representantes da comunidade, vereadores e o prefeito se reuniram com o secretário de Transportes e Obras Públicas, Murilo Valadares, para discutir o impasse. De acordo com o morador de Lagoa Santa Pedro Valadares, 46, a avaliação do encontro foi positiva, mas eles continuarão mobilizados para a extinção do Move no município.

Segundo a assessoria da secretaria, o Estado ainda não foi notificado sobre a liminar, e não poderia falar sobre ela. O secretário, no entanto, se comprometeu, durante a reunião, a fazer um estudo sobre o Move na cidade.

Conforme a assessoria, técnicos do governo analisarão as reivindicações e, dentro de um mês, deverão se posicionar. Ainda segundo a pasta, eles já têm buscado soluções para o que transporte metropolitano atenda bem Lagoa Santa.

Na prática

Prazo. A Justiça determinou que dentro de cinco dias e durante todo o período de suspensão do Move, o Estado retome o sistema antigo, utilizado até dezembro do ano passado.

Estudo. A decisão ainda exige que, em 30 dias, seja apresentado um estudo técnico de viabilidade para a implantação de uma linha de ônibus exclusiva, que ligue a rodoviária de Lagoa Santa à rodoviária de Belo Horizonte. Além disso, a Justiça determinou a criação de linhas do Move durante a madrugada, ligando as duas cidades.

Metropolitano

Real. A reportagem de O TEMPO mostrou as reclamações dos usuários do Move Metropolitano, no último dia 5. Além dos moradores de Lagoa Santa, passageiros de outras cidades estão insatisfeitos.

Nenhum comentário:

Postar um comentário