sábado, 11 de agosto de 2012

Prefeitura de Uberlândia pleiteia corredores de ônibus pelo PAC Mobilidade

08/08/2012 - Correio de Uberlândia

A Prefeitura de Uberlândia enviou, ontem, para o Ministério das Cidades, projeto no valor estimado de RS 127,5 milhões para a implantação de mais cinco corredores de ônibus na cidade. O Município ingressou na seleção para o Programa de Aceleração do Crescimento (PAC) Mobilidade Médias Cidades.

Uberlândia está entre as 75 cidades de médio porte, com população entre 250 mil e 700 mil habitantes, pré-selecionadas para apresentar projetos de transporte público neste programa, lançado mês passado pela presidente Dilma Rousseff. Os municípios têm prazo até dia 31 de agosto para enviar os projetos de mobilidade urbana.
A lista de cidades selecionadas será divulgada no dia 14 de dezembro. A contratação das obras está programada para o início de 2013. São R$ 7 bilhões previstos para serem liberados pelo governo federal, em forma de financiamento, para a aquisição de equipamentos que modernizem e integrem o transporte público, como estações e terminais de ônibus.
Prevista para ser concluída em dois anos, a proposta uberlandense inclui cinco novos corredores do Sistema Integrado de Transporte (SIT) para os setores sul, oeste, sudoeste, leste e norte, partindo do Terminal Central.
Atualmente, há dois corredores exclusivos de ônibus implantados em Uberlândia ao longo das avenidas João Naves de Ávila e Monsenhor Eduardo, além de cinco terminais – Central, Umuarama, Planalto, Industrial e Santa Luzia – e 13 estações fechadas, todas na avenida João Naves de Ávila.
Proposta prevê 4 novos terminais

Enviado ontem pela Prefeitura de Uberlândia ao Ministério das Cidades para aderir ao Programa de Aceleração do Crescimento (PAC) Mobilidade Médias Cidades também prevê a construção de quatro terminais de embarque e desembarque. Eles ficariam no corredor sul (no setor universitário), oeste (no bairro Jardim Patrícia), sudoeste (na região dos Jardins, próxima ao bairro Nova Uberlândia) e Novo Mundo, nas imediações do bairro Morumbi, na zona leste.
Há também previsão de construção de mais 63 estações fechadas nos cinco corredores, incluindo duas na praça Tubal Vilela e uma na praça Clarimundo Carneiro, ambas no setor central. As intervenções urbanas contidas no projeto também contemplam a construção de dois novos viadutos: na rua Paraná, no bairro Brasil, e na rua México, no bairro Martins, além da duplicação da ponte do Praia Clube, no bairro Tabajaras, na zona sul. “Vamos deixar encaminhado para o próximo prefeito”, afirmou o prefeito de Uberlândia, Odelmo Leão.
Cidade aguarda liberação de financiamento há dois anos

A Prefeitura de Uberlândia aguarda há cerca de dois anos a liberação de um financiamento de R$ 101 milhões que seria proveniente do programa Pró-Transporte do Ministério das Cidades para investir em melhorias no transporte público urbano. A proposta contida neste primeiro projeto, que aguarda liberação de recursos desde 2010, é semelhante à que foi enviada ontem pelo Município para participar da seleção do PAC Mobilidade Médias Cidades.
“Não queremos perder o trabalho que já foi feito, mas também estamos ingressando um projeto para o PAC 2”, afirmou o prefeito Odelmo Leão.
Segundo o chefe do Executivo, as obras que já foram iniciadas pela prefeitura para ampliar os corredores, como os viadutos da avenida João Naves, já concluído, e da Nicomedes Alves dos Santos, com previsão para ser entregue neste mês, entrariam como contrapartida do município, caso o projeto por meio do PAC seja aprovado.
De acordo com o edital do PAC Mobilidade Médias Cidades, a seleção do Ministério das Cidades vai priorizar projetos de integração de transporte público que já estão em curso em cidades de médio porte.
Corredores estruturais projetados

Sul
Avenida Nicomedes Alves dos Santos

9 estações e terminal Universitário
Sudoeste
Avenida Getúlio Vargas

7 estações e terminal Jardins
Oeste
Avenidas José Fonseca e Silva e Marcos Freitas Costas

18 estações e terminal Jardim Patrícia
Leste
Avenida Segismundo Pereira

12 estações e terminal Novo Mundo (no bairro Morumbi)
Norte
Avenida Cleanto Vieira Gonçalves

14 estações – ligação com o Terminal Industrial (já existente)
3 Estações de embarque e desembarque nas praças Tubal Vilela (2) e na Clarimundo Carneiro.
 

Nenhum comentário:

Postar um comentário