quinta-feira, 12 de julho de 2012

Prefeitura começa a instalar estações do BRT na segunda-feira

12/07/2012 - JM Online

Começam a chegar a Uberaba as primeiras estruturas para implantação do sistema BRT - Bus Rapid Transit – que significa trânsito rápido de ônibus. Segundo informações do secretário municipal de Planejamento, Karim Abud Maud, a primeira estação chegou no último fim de semana, e outras devem ser entregues até amanhã. A previsão é de que comecem a ser montadas a partir de segunda-feira.

No projeto de Mobilidade Urbana para transporte coletivo serão construídos dois terminais e dez estações ao longo da avenida Leopoldino de Oliveira. “Acredito que haverá tempo suficiente para implantação das estações. Temos um plano A, que seria a construção da estação em frente ao Mercado Municipal e outra próximo a UPA III, perto do Mirante. Iríamos fazer o sistema funcionar neste local, buscando dar mais fluidez ao trânsito. Mas como as obras do Água Viva estão bastante adiantadas, e já terminaram onde será a estação 1, próximo ao Uberabão, começaremos por lá. Na verdade, já realizamos algumas mudanças no canteiro central da região”, explica Karim, ressaltando que será instalada também a estação 2 em frente ao Shopping Generoso Lenza.

Por outro lado, o secretário acredita que não será possível concluir a construção da estação em frente aos Correios, no sentido Univerdecidade/bairro de Lourdes e outra próximo ao Calçadão da Rua Arthur Machado em agosto. Nestes locais serão instalados dois módulos, por isso, segundo Karim, pode demandar um pouco mais de tempo. “Tenho certeza que será um projeto que a população vai gostar, pois vai retirar a quantidade excessiva de ônibus no centro da cidade”, explica Karim, lembrando que os dois terminais também deverão ser construídos este ano.

Karim Abud prevê que o sistema Leste Oeste esteja totalmente concluído até dezembro, quando termina o governo do atual prefeito. Para isto, novas modificações no trânsito do centro da cidade serão implementadas, entre elas o fim do estacionamento em praticamente toda extensão da avenida Leopoldino de Oliveira. O secretário explica que atualmente em cerca de 70% da via, o estacionamento já não é permitido.

As empresas de transporte coletivo deverão adquirir 14 ônibus especiais, que vão abrir as portas pelo lado esquerdo e parar no mesmo nível do piso das estações, permitindo acesso direto, inclusive de cadeirantes.

Nenhum comentário:

Postar um comentário